Arqueólogos de Israel encontram fragmentos de pergaminhos com textos manuscritos da Bíblia


Eles fariam parte dos manuscritos do Mar Morto, descobertos em 1947 por beduínos. Os manuscritos deram uma visão da sociedade e da religião judaicas, antes e depois da época de Jesus.


Ver vídeo: https://globoplay.globo.com/v/9355588/


Arqueólogos de Israel encontraram fragmentos de pergaminhos com textos manuscritos da Bíblia.

As cavernas de penhascos no deserto da Judeia ainda escondem segredos. Depois de usar drones para mapear centenas de buracos, arqueólogos israelenses escavaram 11 prováveis esconderijos.

Na chamada “caverna dos horrores”, onde, durante uma revolta contra a antiga Roma e o imperador Adriano, morreram muitas pessoas, encontraram o novo tesouro arqueológico, que contém uma cesta de mais de 10 mil anos, moedas antigas e um esqueleto mumificado de uma criança, datado de 6 mil anos.

E o mais importante: fragmentos de texto bíblico de 2 mil anos, com trechos do Antigo Testamento.

Eles fariam parte dos manuscritos do Mar Morto, descobertos em 1947 por beduínos. Os manuscritos deram uma visão da sociedade e da religião judaicas, antes e depois da época de Jesus.

Oren Ableman, da autoridade de antiguidades de Israel, diz que esses são novos pedaços de um quebra-cabeças e que, apesar de pequenos, trazem conhecimentos sobre aqueles tempos que eles não tinham antes.

As buscas por outras partes de manuscrito foram esgotadas. Até que, recentemente, pedaços de pergaminho apareceram em mercados clandestinos, provavelmente encontrados e vendidos por ladrões de antiguidades.


Entradas Relacionadas:


Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios .