Mês da Bíblia: Lectio Divina, a prática da leitura orante


mes-da-biblia-osasco

Na edição de setembro, mês da Bíblia, o BIO (Boletim Informativo de Osasco), apresenta uma explicação e roteiro para a prática da “Leitura orante da bíblia”[ goo.gl/PVpptH ].

 Lectio Divina vem do Latim e significa “leitura divina”, “Leitura orante da bíblia” ou ainda “Leitura espiritual”. Trata-se de alimentar a alma da palavra de Deus, que é o livro por excelência, a fim de produzir frutos para a nossa salvação. É abrir o coração para a Palavra que é o próprio Cristo e deixar-se interpelar por Ele.

É uma prática muito antiga. Os princípios e os passos que temos hoje foram expressos por volta do ano 220. Praticados a princípio pelos monges católicos, especialmente as regras monásticas dos santos: Pacômio, Agostinho, Basílio e Bento. Com o passar do tempo tornou-se uma prática de toda a Igreja. O Concílio Vaticano II promoveu e incentivou a Lectio Divina para toda a Igreja por meio do decreto Dei Verbum.

Eis os passos da Lectio Divina: 1- Lectio (Leitura); 2- Meditatio (Meditação); 3- Oratio (Oração) e 4- Contemplatio (Contemplação).

Para iniciar a lectio divina reze ao Espírito Santo com a seguinte oração: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. – Enviai o vosso Espírito, e tudo será criado; e renovareis a face da terra. Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo Senhor nosso. Amém”.

Quanto à Leitura é importante que seja com calma e atenção, de um pequeno trecho da Sagrada Escritura, sem pressa, ler quantas vezes for preciso, afim de que o orante interiorize a Palavra, identificando o ambiente, os personagens, as palavras, as imagens usadas. É importante entrar dentro da cena, fazer parte dela, lembrar de situações semelhantes, por mais curta que seja o trecho escolhido, ele muito falará ao coração.

Quanto à meditação, começa então por uma questão, o que o texto me diz? Onde se encontra com a minha vida hoje? Assim o texto penetra no interior do orante, não fica na superfície. É um mergulho por meio do Espírito, medita cada ensinamento, discerne. É deixar Deus falar ao coração.

Depois destes dois primeiros passos, chega o momento de responder a Deus depois de tê-lo escutado, é o momento da oração, terceiro passo. É um momento a sós com Deus, diz respeito somente a pessoa e Deus. Trata-se de louvar se for o caso, de pedir perdão, de pedir os dons do Espírito para praticar a palavra.

Quanto ao último passo, a contemplação, esta etapa pertence a Deus, trata-se de o orante apenas permanecer em silêncio diante de Deus e deixar Ele agir. Contemplar Deus! Louvado seja Deus se o orante sentir o alívio na agonia, a paz na agitação, a tranquilidade vinda de Deus!

Fica o convite a prática da leitura orante da Palavra de Deus, e Deixar Ele falar ao nosso coração a Sua palavra viva, para maior intimidade e entrega ao seu plano de Salvação.

Sem. Leonardo Sousa dos Santos
4º ano de Teologia – Seminário Diocesano São José

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s